Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

O melhor sistema para procurar e divulgar animais encontrados em Portugal inteiro.

Consulte a página - http://www.encontra-me.org/


Amados gatos:

Um saudoso ADEUS ao Floco de Neve e à Kika que enfeitaram a minha vida.

Em vossa memória e como última homenagem, este blog continuará a existir.
Receberá as mensagens dos donos magoados e as imagens dos que, como vocês, amados gatos, já partiram em busca do paraíso.

Procurem-nas na tag: 02-adeus, amados gatos

Por favor, contactem-me por

ou através dos comentários neste blog.

Obrigada!

20
Fev 04

floquinhoblog.jpg

O meu gato foi trazido, do quintal, aqui ao lado,
pra minha casa, a pedido, por tanto o ver desprezado.
A vizinha incomodei, porque eu estava incomodada;
de tanto ver esse gato, ao frio, pelagem molhada.
 
Era tão lindo, mas magro, de focinho afunilado;
agora está tão gordinho que tem um carão chapado.
Bochechudo e atrevido, é o mau da vizinhança;
gato ou gata que ele veja, começa logo a festança.
 
Anda tudo pelo ar, miam que nem desalmados;
unha e dente a trabalhar, ficam todos arranhados.
Pego logo na mangueira. Lá vai água! - grito eu.
Salta um p´ra cada lado, agarro a cauda do meu.
 
Vejo o nariz arranhado, com algum traço de unhada,
a orelha deita sangue, a pata foi mordiscada.
Mas, aqui nestes quintais, que circundam minha casa,
esses gatos param pouco, porque o meu lhes 'manda brasa'.
 
Voltemos à tal vizinha donde o Flo é oriundo;
tem lá agora uma gata com as cores todas do mundo.
Daquelas atravessadas, sem se saber pedigree;
mas, de peito e patas brancos. Mui linda, que eu daqui vi.
 
Vimos eu e o Floquinho, que se pôs lá em dois saltos.
Ai, Jesus! Começa a guerra! - grito eu, em brados bem altos.
Qual quê? A gata sorriu! Achou-o à sua altura.
E ele ficou pasmado quando viu, do peito, a alvura.
 
Ele é lindo, é um branquela.Roubou o seu coração.
Está cor de neve ... amarela... de se rebolar pelo chão.
Ela é bela e muito nova, sabe levar bem a vida.
Já o deixou pelo beicinho. A Fofinha é atrevida!
 
Agora brincam os dois. Ele vai lá, ela vem.
Visitam-se mutuamente. Está tudo correndo bem.
A vizinha não gostava de gato auto-suficiente.
Queria um pra andar ao colo, comportado, como gente.
 
É pouco dado a meiguices. Paciência! Acho um amor
quando corre ao chamamento da dona. Dou-lhe valor.
É parecido comigo, gosta daquilo que é seu.
Se o incomodam arranha. É assim, tal como eu.
-------------------------
2/2001
Laura B. Martins
Soc.Port.Autores nº 20958
LauraBM às 01:45
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»: ,

Adorei seu blog, o seu amor aos gatos... Deliciei-me e dei boas risadas com seu esforço em dar comprimidos ao lindo bichaninho! Uma tarefa realmente! É, amiga! Eles são mais perspicazes que nós, humanos!
Vou continuar visitando-a!
Um beijo desta sua amiga brasileira!
OLGA MARIA a 15 de Maio de 2004 às 22:39

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
Banners

mais sobre mim
pesquisar neste blog