Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

O melhor sistema para procurar e divulgar animais encontrados em Portugal inteiro.

Consulte a página - http://www.encontra-me.org/


Amados gatos:

Um saudoso ADEUS ao Floco de Neve e à Kika que enfeitaram a minha vida.

Em vossa memória e como última homenagem, este blog continuará a existir.
Receberá as mensagens dos donos magoados e as imagens dos que, como vocês, amados gatos, já partiram em busca do paraíso.

Procurem-nas na tag: 02-adeus, amados gatos

Por favor, contactem-me por

ou através dos comentários neste blog.

Obrigada!

14
Fev 10

restam Miki, Chuchudo e Branquinha

Amanhã começo um novo trabalho e meus dias já não terão tantas horas para lembrar de Mimo que sempre ficará no meu coração.
Hoje fiz um porta-retratos lindo com uma foto de nós dois juntinhos. Ai ai... que saudades!!!!
Costumo dizer que meus gatos são amigos encapsulados. Mimo era uma grande alma encapsulada em um animal tão amoroso....
De todos os que tenho, Mimo foi o que me escolheu. Ele já era um gato adulto quando ele nos adoptou…
Era Maio/Junho de 2006 quando ele apareceu no jardim do prédio onde morávamos e miava quando alguém passava.... vários vizinhos lhe davam atenção e comidinha, mas ninguém o levava para suas casas.
Ele tinha uma feridinha que eu comecei a cuidar mas ele não gostava muito...deixava fazer carinho, mas a feridinha... era difícil cuidar.
Fui cuidando aos poucos e ele sempre ficava ali.. miando gostoso quando a gente passava pelo jardim... fez muitas amizades e inimizades também.
Eu tive vontade de pegá-lo logo, mas já tínhamos 2 gatos bem ciumentos em casa (Chuchudo e Miki).

Bem, após uns dois meses de “namoro”, Mimo apareceu com um enorme machucado na patinha da frente e veio me pedir socorro... ele caiu na minha frente com muita febre... assim eu resolvi que iria cuidar daquele amigo dali por diante!
Eu o levei ao veterinário que cuidou muito bem dele. Desde então Mimo passou a morar no nosso apartamento enfrentando o ciúme dos outros gatos... deu trabalho mas eles se entenderam.
Ele era um gato que assustava um pouco as pessoas e os outros gatos por causa do seu tamanho, mas logo todos viam que ele era um doce amigão.
Ele tinha uma namorada (castrada) parecida com ele que morava numa casa em frente ao nosso prédio... era um romance muito lindo... às vezes ela vinha até a nossa casa procurá-lo... era muito fofo. 

No final de 2007 vendemos nosso apartamento, foi também quando castramos Mimo para evitar as brigas com os outros gatos da vizinhança... Ele brigava demais e voltava sempre bem machucado, ficava bom e voltava a brigar  (coisas de gatos, hahahaha).
Nos mudamos para a casa da minha sogra até encontrarmos a nossa casa. Ficamos um ano com ela.
Como na casa da minha sogra tem cães, tivemos que distribuir os gatos entre os amigos que os acolheram com muito amor... Tudo foi muito bem planejado.
Mimo ficou hospedado na casa dos donos da sua namorada e os outros dois ficaram com uma outra amiga. Passamos um ano desse jeito (2008). Sempre ia visitar todos eles... levava ração e muita saudade.
Quando ia visitar Mimo ele vinha até o carro, entrava e ali ficávamos conversando.... ele fazia um monte de carinhos... miava... matávamos a saudade....
Assim ficamos até o dia da mudança para a nova casa!!!!

Quando viajamos para a Alemanha, trouxemos Wiskas de lá para eles conhecerem sabores diferentes... foi bem divertido!!!!
Depois da mudança os gatos vieram para casa e foram introduzidos de forma planejada.
Nesse momento trouxemos a pequena Branquinha e Mimo a adoptou generosamente.
Que coisa mais linda ver meus gatos juntos no jardim…
Desde então foram só dias de felicidade..Tive o privilégio de desfrutar da sua companhia nesta casa nova por um ano certinho. Curtimos muitas coisas juntos. As obras, as arrumações, as visitas de amigos, os dias que ficávamos eu e meu marido juntos com os gatos na varanda... tomando vinho... velinha acesa... todos os gatos juntos... Foram dias de pura felicidade até o triste dia de sua partida.
Hoje ainda sinto sua falta no jardim, na cadeira da varanda onde ele costumava ficar me observando enquanto molhava as plantas de tardezinha... Eu colocava música e ia molhar as plantas... Mimo ficava me olhando... ele adorava essa hora do dia. Quando meu marido chegava com o carro à noite, era o momento de Mimo dar sua escapadinha para a rua... ele voltava sempre rapidinho para dormir  (fecho meus gatos em casa a noite)... Mimo pulava o muro e corria para a vasilha de comida... foi assim até seu último dia.
Minha ultima visão de Mimo saudável foi essa... ele pulou o muro, entrou e correu para a vasilha de comida dos gatos... eu apaguei a luz e fui dormir.  O resto você já conhece.
Miki_Chuchudo_Branquinha.jpg Bem, Miki de 9 anos, Chuchudo de 7 e Branquinha com um ano e meio estão aqui comigo.
Estou sempre fazendo carinhos e consolando-os pois, incrivelmente, eles também percebem a falta de Mimo.
Sei que iremos escrever uma nova etapa de nossas vidas daqui por diante com muitos momentos de alegria... Mas nunca irei esquecer daquele peludinho fazendo festa no jardim quando eu vinha da rua e dos seus lindos olhos meigos me acompanhando enquanto molhava as plantas do jardim.
Bem, foi muito bom poder escrever isso tudo.... é uma forma de desabafar a saudade que eu sinto!
Um grande abraço amiga Laura!
------------------------
14/04/2010
Ute Rasp
Olinda - Brasil

LauraBM às 22:38
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
Banners

mais sobre mim
pesquisar neste blog