Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

O melhor sistema para procurar e divulgar animais encontrados em Portugal inteiro.

Consulte a página - http://www.encontra-me.org/


Amados gatos:

Um saudoso ADEUS ao Floco de Neve e à Kika que enfeitaram a minha vida.

Em vossa memória e como última homenagem, este blog continuará a existir.
Receberá as mensagens dos donos magoados e as imagens dos que, como vocês, amados gatos, já partiram em busca do paraíso.

Procurem-nas na tag: 02-adeus, amados gatos

Por favor, contactem-me por

ou através dos comentários neste blog.

Obrigada!

27
Jan 12

Queridos amigos,

Andei sumida porque estava às voltas com o meu Honey, esse gato lindo aí da tag.

Ele ficou muito doente e partiu. Estava tão tristinho nos últimos dias... Foi partindo devagarinho... dia a dia...

Não abria mais armários ou amontoava os tapetes e nem "regava" as plantinhas quando passeava no jardim.

Triste ver quem a gente ama se esvaindo assim diante dos olhos.

Aqueles olhos azuis me olhavam ternamente, e me diziam que era hora dele se despedir de mim.

Por mais de 12 anos andamos juntos, nos divertimos e nos fizemos companhia um ao ou outro nos momentos alegres ou tristes.

Era arteiro por mais da conta.

Quando saía do gatil pela manhã. nunca vinha direto pra dentro de casa. Sempre me fazia correr atrás dele em volta do jardim. Por certo sabia que eu precisava de exercício.

Tinha os dias que ele pulava o muro e ia passear no vizinho, aquele danado.

Eu tinha que colocar escada e ficava pendurada no muro chamando-o que nem doida.

Ele vinha correndo com os pelos ouriçados e aquele rabo espanando pra tudo quanto era lado e corria pra dentro de casa com a cara mais lavada desse mundo.

Sentava ofegante de um lado e eu de outro.

Depois levantava e ia afiar as unhas no tapete da sala e correr para escorregar em cima dos tapetes.

Era lindo o meu Honey.

Também tenho o Flokinhu que é irmão dele, mas a personalidade do Honey o fazia se sobressair em tudo.

Depois de comer, beber a água e ele ia em cima da minha cama e ficava que nem um bichinho de pelúcia esticadão na colcha, junto com o irmão dele.

Muitas vezes eles vinham os dois e ficavam queriam subir na mesa do pc e eu ficava apertadinha por aqui teclando e eles observando e me acarinhando.

À tarde, quando ia dar uma esticada no sofá da sala, ligava a tv e podia esperar: logo vinham os dois e ficavam deitados em cima de mim, no meu peito, ou nos meus pés, fazendo-me companhia.

O Honey, sempre mais carente queria ficar na altura do rosto. Parecia que queria entrar em mim...

Olhem, tenho mais gatinhos (meu marido já tratou de me trazer mais pra que eu cuide e o esqueça mais rapidamente). Tenho ainda o Flokinho que já tem 11 anos, branquinho que nem bola de neve. Ele procura o irmão por todo canto da casa. E se deita bem juntinho de mim, me consolando.

Tenho também uns tantos de gatos pelo quintal que são um tanto selvagens e não se deixam tocar.

Mas o Honey era especial e estou triste ainda... Lembro dos olho azuis... tão azuis quanto o céu para onde ele deve ter ido...

Ainda estou triste...

beijosssss

Odete Ronchy Baltazar

LauraBM às 00:08
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

HOJE FOI O DIA MAIS TRISTE DA MNHA VIDA, O LILICO FOI SACRIFICADO NO DIA 13/02/2012 DE POIS 18 MESES DE MUITA LUTA DE TRATAMENTO COM UMA TRISTE DOENÇA QUE É O CANCER, O MEU AMIGO DE TODOS OS DIAS O MEU GATO AMADO ,E COMPANHEIRO,EU TENHO CERTEZA QUE O MEUS DIAS NÃO VAI SER COMO ANTES.NÃO VER MAIS OLHOS AZUIS DELE EU ESTAVA VENDO DA GATINHA BRANCA EU ESTOU SENTIDO A MESMA COISA.QUE DEUS LEVE ELE PARA O CEU
gilda possagnolo fazio a 13 de Fevereiro de 2012 às 20:47

Gilda, vc não me deixou o seu contacto e tinha no início do blog um gatinho onde basta clicar para me enviar correio.
Eu gostaria de inserir aqui a foto do Lilico para ser homenageado.
Estou com muita pena do seu gatinho e de si também.
É a vida de todos nós e dos animais - temos que lidar com a nossa mortalidade, o facto de não sermos eternos.
Fique com a minha amizade e a certeza de eu saber muito bem do que fala.
O dono da gatinha a que se refere, também passou pela mesma dor, e eu também já, algumas vezes.
Um abraço carinhoso
Laura
LauraBM a 13 de Fevereiro de 2012 às 22:51

TINHO...

Esse é o nome do nosso gatinho,
Tão branco que lembra a neve,
Tão amado,tão querido,por quase todos.
Ontem um cruel,infeliz e sem coraçao deu veneno ao nosso querido TINHO...
1ANO E 7 MESES DE VIDA...
Nos acordou como sempre,miando em um ton que parecia chamar ,mãe ou pai,era incrivel.
Colocamos sua comida,comeu e foi dar seu passeio,como sempre no quintal.
A tarde brincamos de se esconder,ele adorava...
Foi novamente ao quintal,e quando o encontrei estava nas ultimas.
Nosso cachorrinho chegou nos chamando,latindo muito,falei aconteceu algo.
E quando vi,era TINHO,sofrendo de dor,e com sua dor,o nosso coraçao partindo de dor.
Fizemos de tudo,mas de nada mais adiantou...
Quando minha namorada,o pegou no colo,com um bebê.
Ele olhou para o nossos olhos a chorar,suspirou e com os seus lindos olhos azuis,aberto olhando pra nós,ele se foi.
Tinho se foi,deixando saudade...
Mais tambem muito amor por suas fotos e lembranças...

TA AMAMOS MUITO TINHO,NOSSO TINHO.

TINHO----07-09-2011 à 09-04-2013
Cassio Diego a 10 de Abril de 2013 às 15:40

Cassio, tenho muita pena que não me deixasse o endereço ou não me escrevesse em directo, apesar do gatinho que diz correio no início deste blog.
Gostaria de colocar este seu lamento junto c/uma foto do Tinho.

Assim, pelo menos deixo aqui o meu pesar pelo seu e por todos os gatinhos desaparecidos do n/mundo.
Certamente eles estarão num mundo só deles, onde serão felizes para sempre pois as suas vida não podem ser perdidas em vão. Também já perdi alguns, sei avaliar.

Que o ser humano aprenda algo com os desgostos de tantos donos entristecidos pelas perdas dos seus animais queridos. Seria justo que assim fosse!

O meu sincero carinho e pesar pela sua perda. Quando o luto deixar de ser tão pesado, adopte um outro amigo. Salve uma vida da crueldade duma cela em vez de comprar. Talvez se as vendas baixassem, os criadores passassem a ser mais responsáveis nas suas ninhadas.
Um abraço
Laura Martins
LauraBM a 10 de Abril de 2013 às 22:43

meu gato tambéns sumi
Juliana a 25 de Outubro de 2013 às 19:49

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
Banners

mais sobre mim
pesquisar neste blog