Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

10
Mar 04

Flo_janela_manta.jpg


Tenho cortina anti-moscas balouçando com o vento;
aos cães não faz diferença, para o gato é um tormento.

Sempre que vai a sair, não se esquece de espreitar,
podem vir, em desvario, os cães nele tropeçar.

É cuidadoso o bichano salta-pocinhas, esperto;
pula de lado, eriçado, se não vê caminho aberto.

Termina o pequeno almoço, (o seu peixinho cozido),
cheira a comida dos cães, fica de nariz torcido.

Das rações deles, não gosta, (curioso, foi provar);
prefere as suas, com bolas mais fáceis de mastigar.

Depois, viu duas tigelas com farelo estaladiço;
deu a sua trincadela e houve grande reboliço

porque a Daisy é gulosa pela dieta da dona,
(limpa tudo e acha pouco), muito bruta e comilona.

Rosna pra tudo e a todos o Monty, que é refilão.
- Co'a comida não se brinca! Não gosta de reinação.

Ao fim do dia, os meus cães têm sopa de legumes
mais as rações; e o gato não entende esses costumes.

Petisca do seu pratinho e entretém-se a observar
sobre a arca, no seguro, ao cão, as barbas limpar.

Durante o dia, com sol, os cães, no quintal vedado,
ficam danados da vida vendo o gato no telhado.

O dono gosta de dar, com eles, uma voltinha.
Leva o Monty pela trela; a Daisy não, que é mansinha.

Assim vivem os meus bichos, creio, uma vida bem boa.
Pensar nos abandonados (...) não há, coisa que tanto me doa!
--------------------------
12/12/2002
Laura B. Martins
Soc. Port. Autores n.º 20958

LauraBM às 14:19
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»: ,

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog