Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

O melhor sistema para procurar e divulgar animais encontrados em Portugal inteiro.

Consulte a página - http://www.encontra-me.org/


Amados gatos:

Um saudoso ADEUS ao Floco de Neve e à Kika que enfeitaram a minha vida.

Em vossa memória e como última homenagem, este blog continuará a existir.
Receberá as mensagens dos donos magoados e as imagens dos que, como vocês, amados gatos, já partiram em busca do paraíso.

Procurem-nas na tag: 02-adeus, amados gatos

Por favor, contactem-me por

ou através dos comentários neste blog.

Obrigada!

10
Jun 09

Kika-patalevantada_tratamento.jpgKika - levantar a patinha para eu a limpar

Quero oferecer-lhes a imagem da Kika com a patinha traseira levantada para a dona limpar o rabinho sujo.
Ela ainda está um pouco incontinente e, com o esforço de lhe enfiarem a comida na boca, sempre se suja um pouco.
Quer lavar-se mas eu digo-lhe: - Deixa, Kika, a dona vai limpar! Ela fica logo quietinha.
Depois eu digo-lhe: - Kikinha, deixa a dona lavar, sim? E ela levanta logo a patinha. Ninguém precisa segurar.
Tem uma relação óptima comigo e conhece tudo quanto lhe digo. É um amor!

A primeira vez que o meu filho e o meu marido assistiram à cena nem queriam acreditar. Já se repetiu tantas vezes que resolvemos fotografar a coisa. E a patinha ainda costuma ser mais levantada, mas não souberam fotografar na hora exacta. Já dá para ver, não é?
Eu limpo, lavo, seco e ela sempre quietinha e de pata no ar.
Aí está ela com o adesivo na barriguinha mas, finalmente de intestinos limpos. Foram-lhe retirados quase 10cm de intestino em más condições. Ela estava literalmente entupida e quase me morria de infecção.
Já vinha em mau estado da outra dona, infelizmente.

Quem pode não amar estes animais?

Ela ainda recusa as latas de comida da dieta. Quer ração mas agora não pode ser. Temos que alimentá-la forçado e dar-lhe a medicação.
Mas que dramalhão!
Não há manta que a segure para dar uma data de seringadas com comida e os comprimidos. Além disso é uma porcaria tal que a gente mete nojo, mais tudo em volta!!!    rssssss 
Já tive que dar remédios a gatos mas comida... é a primeira vez. Xiiiiiiiiii.......  Deus me livre!!!!!!!!!   Que loucura!!!!!!   Irra!!!!!!!
Eu adoro esta gatinha e já tive diversos gatos, mas esta tem dado trabalho como nenhum outro.
Já limpei mais cocós dela e lavei mais rabinhos, mantinhas, cobertas, toalhas, etc. que dos meus dois filhos.   rsssssss
Obrigada pelos conselhos e carinho para nós, amigas.
Se Deus quiser, ela vai ficar boa e a gente ainda se vai rir disto tudo.

A médica ajuda e dá-lhe as refeições matinais mais os comprimidos, o xarope, e 3 injecções, todos os dias às 10 horas. Depois, vamos tomar um café e levamos a Kika connosco, na transportadora. Enquanto lá estamos deixo a caixinha dela junto a mim, numa cadeira e ao sol. Já todos a conhecem e vêm vê-la.
Ao jantar, em casa, a tourada fica por n/conta pois já não tem as injecções.
Durante o dia deixamos que ela decida se quer comer o peixe ou não, mas sempre bebe a água da cozedura, pelo menos, e isso é bom.

De noite, já sai da cestinha, salta para cima de mim e aninha-se ao meu lado, bem encostadinha.
Embrulho-a no meu roupão e lá ficamos as duas muito quentinhas e quietas, com ela a ronronar.
Tenho dormido com ela num quartinho que temos na cave, para não incomodar ninguém e mantê-la limpa, quente e acarinhada.

Quem pode não amar estes animais? Merecem mais do que os humanos que, às vezes, de humanidade nada sabem.

Kika – na marquise ao sol, c/o boneco preferido, o coelho Kika-mesaboneco.jpg

A Kika é um doce e conhece-me como a ninguém. Mal chego junto dela ensaia logo um miado.
Ela confia na dona e sabe que não lhe faço mal, pelo contrário.
Ela aceita que a tape e acomode, lhe ponha um bonequinho de peluche debaixo do queixo porque ela gosta de ter o queixo apoiado quando deitada, etc. Temos uma óptima relação. Mal falo com ela levanta logo a cabeça e abre aqueles imensos olhos.
Além disso, é uma gatinha sofrida e sabe o que passou durante 3 anos na outra dona. Agora acha-se uma princesa cá em casa.

Hoje, que a preocupação começa a desvanecer-se lentamente, abati-me num sofá durante duas horas e dormi sem ouvir coisa alguma.  rsssss
Agora que ela já come, embora pouquinho, ficou tudo mais fácil.
Também adoro gatos. Sempre gostei de cães mas nutro uma verdadeira paixão por felinos.
Eles são tão ciosos do seu espaço e da sua independência... São maravilhosos!

 Kika – Ao sol, ainda de barriguinha rapada Kika-rapada-cadeiramarquise.JPG

Ela está totalmente recuperada, Graças a Deus!  Hoje retirou o penso e está tudo sarado por fora.
Come, bebe e os intestinos funcionam regularmente. E dorme muito, mas isso é próprio dos gatos.  rsssss
Nesta foto ela ainda estava um bocado incontinente, daí a fralda onde estava deitada.
Agora já não precisa, felizmente para ela e para mim. Xiiiiiiiiii..... Trabalheira!!!!!!!!!
Aqui está ela a mostrar a barriguinha rapada, (que frio, coitadinha), e a dormitar ao sol, na marquise.
As patinhas também foram rapadas até ao cotovelo por causa das agulhas das análises ao sangue, anestesia, soro, etc.
Enfim, a coitada está um bocado despida, com o casaco de peles esburacado, sempre à procura do sol e anda cheia de frio.
Eu tapo-a com as mantas dela, que são em fleece; leves, fáceis de lavar/secar e muito quentinhas.
A minha coelha (por não ter cauda), a minha chinesa (porque põe muitas vezes os olhos em bico), a minha buzina (é o meu filho que lhe chama assim porque às vezes mia como uma buzina, rsssss) está de volta à grande comilança, apesar da dieta que se irá manter pela vida fora.
Mas come peixinho magro cozido, com um pouco de arroz,  latas de dieta especial, e ração também de dieta especial. Vá lá!......

Esperamos que viva muitos anos e bons na nossa companhia, esta lindeza.
Beijos e miaus para todos os amigos da dona, são os desejos dela.

Parece que por dentro a coisa não está a funcionar em pleno pois ela está um bocado incontinente, mesmo de cocós. É um problema que não sei resolver.
A médica diz que demorará cerca de 6 semanas a normalizar. Credo, que loucura! Ela faz onde quer que esteja. Tenho sempre um montão de t-shirts velhas para lavar. Um horror! Ficam manchas líquidas amarelo torrado e pequenos pedaços de cocó.
Estou desconfiada de um remédio que ela toma e é mesmo para obrigar os intestinos a funcionar. Mas, funcionar assim, não me parece certo. E ela já esteve melhor do que está, nesse aspecto.
Também a médica me disse que ela já poderia comer ração, embora de dieta especial para estes casos. E eu também acho que pode ser da ração porque há 2 dias atrás ela estava melhor e não comia ração.
Tenho que fazer umas experiências, amanhã que ela não tem injecções. Também temos que ser um pouco médicos.
Se for realmente da ração vai ser problemático porque ela adora ração, acima de tudo.

Então, começaram os problemas intestinais cada dia piores. Ela começou a rarear de evacuar sozinha.
Primeiro ia semanalmente à clínica para lhe darem um clister que a ajudava a evacuar.
Depois, de dois em 2 dias.
Quando vinha da clínica ficava a transportadora, mais as mantas todas sujas e ela também.
Logo aprendi a dar-lhos eu mesma para, em casa, poder acudir-lhe após o clister.

Esperamos que viva muitos anos e bons na nossa companhia, esta lindeza.
Beijos e miaus para todos os amigos da dona, são os desejos dela.

Parece que por dentro a coisa não está a funcionar em pleno pois ela está um bocado incontinente, mesmo de cocós. É um problema que não sei resolver.
A médica diz que demorará cerca de 6 semanas a normalizar. Credo, que loucura! Ela faz onde quer que esteja. Tenho sempre um montão de t-shirts velhas para lavar. Um horror! Ficam manchas líquidas amarelo torrado e pequenos pedaços de cocó.
Estou desconfiada de um remédio que ela toma e é mesmo para obrigar os intestinos a funcionar. Mas, funcionar assim, não me parece certo. E ela já esteve melhor do que está, nesse aspecto.
Também a médica me disse que ela já poderia comer ração, embora de dieta especial para estes casos. E eu também acho que pode ser da ração porque há 2 dias atrás ela estava melhor e não comia ração.
Tenho que fazer umas experiências, amanhã que ela não tem injecções. Também temos que ser um pouco médicos.
Se for realmente da ração vai ser problemático porque ela adora ração, acima de tudo.

Então, começaram os problemas intestinais cada dia piores. Ela começou a rarear de evacuar sozinha.
Primeiro ia semanalmente à clínica para lhe darem um clister que a ajudava a evacuar.
Depois, de dois em 2 dias.
Quando vinha da clínica ficava a transportadora, mais as mantas todas sujas e ela também.
Logo aprendi a dar-lhos eu mesma para, em casa, poder acudir-lhe após o clister.

Kika - Era a gatinha mais linda que eu já vi Kika-almof.6_2009.JPG

Depois… os problemas foram-se avolumando dia a dia, ela deixou de comer e tivemos que adormecê-la.
Como são difíceis estas resoluções e como eu amava aquela gatinha!...

Ficou-se calmamente nos meus braços entre beijos e afagos.
Viveu connosco pouco mais dum ano mas deixou a minha alma mais vazia e a minha vida mais pobre.
Sempre que nos morre um animal de estimação, ficamos um pouco menos ricos. Vai-se um amor incondicional e inestimável. Nada se lhe compara!
Resta-me a consolação de ter feito quase o impossível para lha dar uma boa qualidade de vida.
Não sei se o consegui, mas o amor que lhe dediquei não tinha limites.
Era a gata mais linda e mais doce que eu já vira. Mais duma centena de fotos servirão para recordá-la.

Adeus, meu amor, nasceu mais uma estrelinha no céu e apagou-se uma luz no meu coração.

NOTA: Tudo se passou entre o ano de 2008 e 2009, mais precisamente entre Abril de 2008 e Junho de 2009, mas só agora tive coragem de juntar as mensagens enviadas para os amigos, compor a história, meter tudo aqui no blog e dedicar à minha amada gatinha Kika.

-----------------------

Laura B. Martins

LauraBM às 00:21
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
Banners

mais sobre mim
pesquisar neste blog