Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

13
Fev 08

Mateus_2.jpgGato Mateus: 2002 - 11/08/2007

Hoje, dia 5/02/2008 chegou à minha caixa do correio uma mensagem triste, muito triste, de mais uma dona que ficou sem o seu amado bichinho de estimação.
Sei dar o valor a esse tipo de sofrimento pois passei pelo mesmo quando perdi o meu amor Floco de Neve.
Pronto, minha amiga, aqui está a sua história, o seu desgosto bem expresso e, mais do que tudo, o seu imenso amor aos animais. Bem haja e recomponha-se depressa porque os outros animais precisam de si.
Além do desgosto de ficarem sem o amigo, ainda sentem a dona tão distante.
Não pode ser assim, minha amiga. Pense um pouco neles, que nem falam para aliviar a saudade.
Um beijo para si
Laura

O meu ANJO MATEUS apareceu na minha vida de forma repentina, numa tarde em que me desloco ao local onde se encontram os depósitos do lixo para o de minha casa depositar, que devem ficar a 20metros de minha casa só que noutra rua comigo também ia a minha prima. Quando me viro já de retorno a casa vejo um gatito que teria por volta de uns 7 meses que passa pela minha prima que o tenta acariciar mas o objectivo era mesmo a minha pessoa a decisão dele era mesmo vir ter comigo que de imediato o peguei ao colo e dei mimos mimos beijos beijos, as pessoas que por ali estavam disseram que tinha aparecido por ali e que o tentavam afugentar mas ele não saía por nada. Escusado será dizer que já não o larguei mais dei-lhe banho comida e muito mimo muito muito.
Não querendo maçá-la, muito vou tentar abreviar até porque as lágrimas não me deixam ser muito concisa,só sei dizer que viveu comigo 5 anos e me deixou sem qualquer preparação pois dia 5/08/07 é diagnosticada leucemia fulminante ao qual viria a falecer dia 11/08/07 na casinha dele com a veterinária de família pois já mais o deixaria partir naquele hospital onde acho que pioraram a sua situação devido à frieza e desumanidade que ali assisti.
Laura digo veterinária de, família pois possuo 6 cães e 7 gatos, mas o Mateus era único e por isso digo que foi ele que partiu pois era o meu equilíbrio aquele que sabia quando eu menos bem estava e quando ouvia o carro vinha sempre para a porta assim que eu abria era aquela figurinha linda que me cumprimentava e já não me largava mais no escritório no quarto pois sempre dormiu comigo e hoje sinto um vazio e uma profunda tristeza.
Devo dizer que os 2 gatos que mais próximo dele estavam ainda hoje não brincam e tal como eu vivem tristes onde por vezes miam miam como se o procurassem, enfim que tristeza... vou terminar por aqui pois não consigo mais

HÁ SENTIMENTOS QUE NÃO SE DESCREVEM,
SAUDADES QUE NÃO ACABAM,
RISOS QUE PARTEM,
LÁGRIMAS QUE FICAM,
PENSAMENTOS DISTANTES,
AMORES PERDIDOS QUE,
PARTIRAM(?)PARA SEMPRE

DEDICO ESTAS PALAVRAS AO MEU ANJO MATEUS
------------------
Ana Parreira

LauraBM às 00:28
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

Srta.Flávinha

Muito obrigado pela sua visitinha, a senhorita é muito carinhosa.
Antes de ontem levei um grande susto, minha mãe trouxe um cachorro aqui para dentro!
Mas já está tudo bem.
Passei para cumprimentar, e desejar um ótimo final de semana!
Miauuuu!
Gatinho Dinho a 30 de Agosto de 2008 às 04:43

Miau! Oi gente.

Fiquei muito triste com a história do Floquinho e como gato quero dizer que o melhor que a senhora podia fazer para ele a senhora fez: a senhora o amou.

Quando eu vim para esta casa eu tinha muito medo e estava bem molinho porque nunca achava comida, então em duas semanas eu me tornei outro, tenho músculo e sou muito amado.

O importante não é que estaremos sempre juntos de nossos Papais e Mamães mas enquanto estivemos se fomos felizes, e saiba que todos nós que somos adotados somos muito, muito, mas muito felizes por estarmos com vocês: aqueles que adotam. Pessoas que adotam animais são uma das melhores pessoas do mundo e nós animais somos muito agradecidos por vocês nos mostrarem o que é uma vidinha melhor. Tenho certeza que o Floquinho está em um lugar e te aguardando, mas dona, a senhora tem outros filhos, vamos tentar cuidar deles então, a gente sente falta de atenção também. Mas leve seu tempo titia querida, é difícil superar, e o tempo vai dizer tudo.

Eu tenho um problema nas orelhinhas e nariz, estou ferido atualmente por causa do Gato Cinza, mas já estive bem melhor. Eu também, que sou pequeno e apenas um gato: me curei das minhas feridinhas.

Fique bem viu? Em nome de todos gatos agradeço ter salvo uma vida, a vida nas ruas é muito difícil, a gente vive com medo.

Parabéns ao blog, é muito legal! A dona é muito criativa.

Miau! Uma patinha para vocês.
Gatinho Dinho a 27 de Agosto de 2008 às 02:41

Querida Laura.Eu vim ate seu blog na busca de algo que alivie a dor da perda.Tenho uma gatinha branca,que simplesmente desapareceu.Nunca saia de casa,muito meiga e amada por mim e por minha mae.Ela pode ter fugido?..nao estava prenha e creio q nao estava no cio,pelo menos nao percebi.Ninguem viu..ninguem sabe..mas é costume dos felinos darem essa "sumida"?Ja chorei demais..eu amo minha gatinha,crio desde novinha.Penso em criar outro gato mas ja é a segunda q perco..a primeira suspeitamos q tenha sido roubada,mas essa nao sei o q pode ser.Penso q ela pode ter ido pra longe,mas ela voltaria,correto?Me ajude amiga.Pelo amor de Deus me dê uma luz.Li bastante seu blog,sei q entende a minha aflição e que vc tem experiencia com gatos e pode me exclarescer algo.
Abraços e muito obrigada.
Paula
paula a 21 de Abril de 2008 às 04:52

Adorei ler o texto que apesar de triste, é de uma gentileza e de uma nobreza de sentimentos muito grande. Acredito que os animais vão para um sítio bem melhor do que a Terra. Só é pena ver partir quem é tão amado e continuar a ver outros tão sós e perdidos.
Zara a 28 de Março de 2008 às 02:40

Olá, gostei muito de seu blog! vou voltar aqui mais vezes!!
Grande Abraço e tudo de bom!
PlugPet a 17 de Março de 2008 às 13:44

vi visitar o blog e vi a triste noticia, neste caso duas tristes noticias. Também já perdi duas gatas e sei o que custa, tanto que nem sei o que dizer... :(
Saudações felinas
Marta a 5 de Março de 2008 às 11:46

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog