Amados gatos - todo o mundo os ama - excepto quem tiver um coração insensível ou não os entenda. Eis a minha contribuição e apreço para essas maravilhosas criaturas de Deus. Bem hajam, queridos bichanos!

10
Ago 11

Eles estavam juntos na casa.

Apenas os dois.
Era uma noite fria, escura e chuvosa. A tempestade tinha chegado de repente e cada vez que um trovão ecoava, ele observa o seu pulo.
Ela olhou através da sala e admirou sua força aparente...
e desejou que ele pudesse pegá-la em seus braços, confortá-la e protegê-la da tempestade.
 
De repente, com um estouro, a energia se foi... ela gritou...
Ele correu ao sofá onde ela se encolhia de medo.
Ele não hesitou e a colocou em seus braços.
Ele sabia que era uma união proibida e tinha a expectativa de que ela o empurrasse de volta.
Ele ficou surpreso quando ela não resistiu e o agarrou. 
 
A Tempestade passou...
Eles sabiam que estavam errados...
Suas famílias nunca entenderiam...
Tão consumidos estavam em seu MEDO que não ouviram nenhuma porta se abrindo...
apenas o clique seco de uma câmara....
 
 
 
 
 
 
 
LauraBM às 23:07
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

10
Ago 08

Wilsonalmof.Jacqueline.JPGNão sei se este gato pode ser considerado herói, no sentido que é costume dar à palavra herói. Mas este gato da minha amiga de há muitos anos, a Jacqueline, foi encontrado por ela numa rua de Londres, onde havia uma loja de frango frito: esquelético, famélico, sem um olho, o pêlo a cair, sujo, triste e abandonado ou, simplesmente, o chamado gato de rua porque lá nasceu e sempre lá viveu.
O coração da minha amiga Jacqueline não é igual ao das outras pessoas: é um coração feito de qualquer material muito mais mole e adocicado.
Claro está que, com um coração assim, a Jacqueline levou o gatinho para casa.
Só quando o observou melhor é que viu o péssimo estado dele.
Tratou, desparasitou, banhou, alimentou e o gatinho foi-se recompondo.
Acarinhado, nem parece o mesmo.
Quieto no seu cantinho, ou melhor, na sua almofadinha fofa e quente, gosta muito de comer e dormir, pois é um gato muito velho, com cerca de 20 anos, segundo disse o veterinário. Enfim, uma provecta idade para um bichano.

Após este longo prefácio, pergunto eu: - Não acham que é um gato herói?
Quem sobrevive na rua durante 20 anos, maltratado, ao frio, chuva e vento, (e o clima de Londres não é para brincar), comendo o que pode e o que consegue, na maior parte das vezes frango frito, nada saudável para gatos nem para ninguém mas a loja estava mesmo ali, não é um herói? Então o que é?
Pois foi por isso mesmo que o gato Wilson da Jacqueline ficou nesta rubrica dos Gatos Heróis.
----------------------------------------------------
E quanto a mim, que sou a dona do blog, está aqui muito bem e merece. Pelo menos, no fim da vida, que ele tenha as honras dum gato bem tratado e famoso.
Laura

A Jacqueline deixou o seguinte comentário para ajudar este post:

Querida amiga
Obrigado pela homenagem ao meu gato heróico de rua!
Te afirmo que ele foi um verdadeiro HEROI, sobrevivendo a rigorosos invernos, ao descaso, e aos maus tratos que sofreu onde perdeu o olho esquerdo, o que certamente dificultava na hora de caçar; e, também pela idade, a perda dos dentes, a pata quebrada que se recompôs sozinha... o picote de tesoura na orelha.
Um herói sobrevivente das ruas e da crueldade humana.

Mas o que o faz HEROI é o facto de ter se sociabilizado novamente, vencendo os temores e todos os medos que COM MOTIVOS tinha de nós ( OS RACIONAIS) que lhe causamos tanta dor...

Uma vez tendo atenção, tendo afagos, comida decente, cama quente, consegue RETRIBUIR o amor...
Um Herói, eu com meu coração não sou nada comparado a ele, porque se algo similar comigo tivesse acontecido, JAMAIS TERIA CONDIÇÃO DE RECEBER E RETRIBUIR ESSE MESMO AMOR
Esse gatinho sem duvidas é uma lição de vida.
E tenho no coração uma cicatriz arranhada, profunda, felina, por tê-lo perdido; embora eu saiba que no fim de sua vida eu tenha sido seu bónus!
Uma pena não ter encontrado ele antes.

===================

LauraBM às 23:12
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»: , ,

12
Ago 06

gatosfrente_2.jpg Brasil
Gata amamenta ratinho faminto

Nasceram os gatinhos e alguém levou um rato pensando em dar um petisco especial para a gata, que em vez de devorar preferiu adoptar o ratinho. Se tentassem levá-lo embora ela corria atrás e aninhava o bichinho de volta entre seus filhotes. Talvez sentisse bem a tragédia vivida por ela e assim quisesse compensar o mundo.

Quem sabe?

Brasil
Gata adopta filhote de lobo e salva sua vida

Caso raro no mundo animal, uma gata adoptou o filhote de um lobo-guará.

Amamentado e criado como se fosse um filho durante seis meses, o lobo Kadu está pronto para voltar ao Jardim Zoológico de Belo Horizonte, Minas Gerais.
Kadu nasceu em cativeiro, seus dois irmãos morreram e ele foi rejeitado pela mãe. Estava anémico, correndo risco de morte.

A veterinária Deborah Amaral, que fazia estágio no Zoo, se ofereceu como voluntária para salvar o lobinho. Levou Kadu para casa.
Sua gata Kika dera cria, e Deborah fez um teste, colocando o lobinho, com apenas 15 centímetros, junto da ninhada de gatinhos. Kika o adoptou imediatamente.
Deborah doou 2 e ficou com os outros dois gatinhos da ninhada, que brincam com o irmão lobo pelo quintal.
"Pelo que notei nesses seis meses cuidando do Kadu, sua espécie, que é muito arisca quando em liberdade, consegue, porém, retribuir gestos de carinho", diz a veterinária.
---------
8/2006

LauraBM às 15:42
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

06
Ago 06

gatinhos-dormir-estic.3.jpg EUA
Gato salva menina de estupro

LANSiNG, MiCHiGAN, EUA

Uma menina de sete anos, que levava seu gatinho para passear, foi raptada por um homem de 36 anos. Em sua casa, ele tampou a boca da criança com fita adesiva e tentava arrancar suas roupas quando o gato, que estava com a criança, atacou ferozmente o estuprador.

Graças à acção do bravo bichano a menina conseguiu fugir.

O homem foi encontrado pela polícia. Estava escondido no porão de sua própria casa e vai pegar no mínimo 10 anos de cadeia.

Nova Zelândia
Gato salva seu dono de incêndio

PAPAKURA, NOVA ZELÂNDiA

O gato SiMBA salvou a vida de seu dono de 15 anos. Uma vela, acesa em cima da TV, provocou um incêndio na garagem onde Sam Shanahan dormia.

Simba pressentiu o perigo e sinalizou miando alto e arranhando a porta da garagem.

"Ele agia com muito mais disposição do que faz normalmente, quando quer comida", disse Leone, a mãe de Sam.

"Fui ver o que era, abri a porta e havia fumaça por todo lado. Chamei os bombeiros e Sam foi salvo."
--------
8/2006

LauraBM às 15:33
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

28
Ago 05

Scarlett_gatinhos-2.jpgEla era apenas uma gata de pêlos curtos, sem eira nem beira e sem nome, com cinco filhotinhos, tentando sobreviver nas ruas pobres de um bairro de Nova York. Estabeleceu morada numa garagem abandonada e depredada, bastante sujeita a incêndios. Vasculhava a vizinhança procurando restos de comida para poder alimentar-se e cuidar dos filhotes. Tudo isso iria mudar às
6h06 da manhã de 29 de março de 1996, quando um incêndio rapidamente engolfou a garagem.

A casa dos felinos ficou em chamas. A divisão 175 do corpo de bombeiros foi accionada, e logo o incêndio foi debelado. O bombeiro David Giannelli notou que as queimaduras eram progressivamente mais graves, de um gatinho para outro, alguns tendo esperado mais tempo para
ser resgatados, visto que a mãe os carregou um por um para fora do local do incêndio. 

O Daily News de Nova York, na sua edição de 7 de abril de 1996, relatou o seguinte a respeito do paradeiro da gata e do seu desvelo: "Quando Giannelli encontrou a gata, ela estava prostrada de dor num terreno baldio ali perto, e aquilo lhe cortou o coração. As pálpebras da gata estavam fechadas de tanto que incharam por causa da fumaça. As almofadas das patas apresentavam
queimaduras gravíssimas. A cara, as orelhas e as pernas estavam horrivelmente chamuscadas. Giannelli providenciou uma caixa de papelão onde cuidadosamente colocou a gata e os filhotes. Ela nem conseguia abrir os olhos, disse Giannelli.
Mas tocou os gatinhos um por um com a pata, contando-os." 

Quando chegaram à Liga de Animais North Shore, ela estava morre-não-morre. O relato continuou:
"Deram-lhe medicamentos para combater o choque. Colocaram um tubo intravenoso cheio de antibiótico na heróica felina, e, delicadamente, passaram pomadas antibióticas nas queimaduras. Daí, ela foi colocada numa gaiola com câmara de oxigénio para ajudar a respiração, e todo o pessoal da liga de animais ficou em suspenso... Em 48 horas, a heroína já conseguia sentar-se. Seus olhos inchados se abriram e, segundo os veterinários, não tinham sofrido nenhuma lesão".

Para uma gata que tem medo inato do fogo, entrar no local enfumaçado e em chamas para resgatar os filhotinhos que miavam desesperadamente... Entrar uma vez para levar os filhotinhos indefesos já seria incrível, mas fazer isso cinco vezes, cada vez com dores mais intensas devido a queimaduras adicionais na cara e nos pés, é inimaginável! A corajosa criatura foi chamada de Scarlett porque as queimaduras revelavam uma pele cor de escarlate, ou vermelha. 

Quando essa comovente história do grande amor de uma mãe por sua prole foi veiculada ao mundo pela Liga de Animais North Shore, o telefone não parava de tocar. Mais de 6.000 pessoas, de lugares tão distantes como o Japão, a Holanda e a África do Sul, telefonaram para perguntar sobre o estado de Scarlett. Umas 1.500 se ofereceram para adoptar Scarlett e seus filhotes. Um dos gatinhos mais tarde morreu.  Scarlett comoveu o coração de muita gente no mundo todo.
Isso nos faz pensar se o coração de milhões de mães hoje, que eliminam o filho antes de nascer, ou por abusos, logo depois que nasce, não sente nenhum remorso diante do exemplo do amor de Scarlett pelos seus filhotes.
------------------------------------------------
10/12/2004
Extraído de Despertai! n.° 18, Vol. 77.
Alexandra Faro - BEA-Bem Estar Animal/S

LauraBM às 15:59
TAGS - TEMAS DO BLOG «clique em cima»:

HOMENAGEM AO GATO

Homenagem ao mais belo e versátil animal doméstico

que JAMAIS será domesticado.

O paraíso JAMAIS será paraíso

a não ser que os meus gatos estejam lá, esperando-me.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog